Mostrando postagens com marcador Resenha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Resenha. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, outubro 20, 2016

Post extra - Apenas Respire e a Editora Multifoco



YEAHHHHHH galerê !!!!! Como que é estão as coisas aí ? Tudo bem ?

Semana por aqui começou com muuuuuita prova (SOCORRO) e muita novidade pro blog afinal, fechamos mais uma parceria hahahaha. E aliás, tem muito post prontinho pra essa semana.

Resultado de imagem para gif pll aria

Minha missão aqui hoje é vir contar a novidade da nossa parceira Rossana Cantarelli hoje.


Eu já contei aqui no blog, a resenha com os marcadores mais lindos de todos que recebi há uns meses e se você ainda não leu tá esperando o quê ?

Ontem de manhã , segunda-feira, dia 18 de outubro, foi divulgado na página da nossa escritora que a Editora Multifoco está com uma promo daquelas pra quem aí tá tão ansioso quanto eu pra ler o livro e quem aí não A-M-A uma promoção dessas?



Novidade: frete grátis. Quem é a louca da livraria adora quando isso acontece né?  Hehehehe. Má notícia: somente no mês de outubro. Então minha amiga, meu amigo CORREEEEEE porque já estamos no dia 19 e em breve a promoção termina.

O livro custa R$45,00 e se você quiser comprar é só clicar aqui.

Boa semana pra vocês! E aguardem as próximas novidades.

Xoxo,
Até a próxima. 

Parceiros: 

domingo, setembro 04, 2016

Resenha: 5 formas de como um simples durex de RS1,00 pode te salvar naquela saída

YEEEEEEEEEAH galerê. Tudo bem? Podem ir se preparando porque essa semana tem muita resenha por aí.

Bom, eu tô começando a minha semana de provas e como prometido eu não vou deixar vocês na mão por muito tempo. Talvez eu fique sumida por uma semana ou duas, mas nada de desaparecer por completo do blog ok ? Eu andei pensando se vocês gostariam de saber um pouco sobre os livros de Direito que não é necessário nenhum conhecimento jurídico da vida para se apaixonar pelo curso... Se vocês gostariam de saber, soltem fumaça em alguma rede social me achando no instagram, ou ainda no meu e-mail: laisrq@hotmail.com, ou ainda no Twitter como @LaisQuintao. Como que foi de fim de semana por aí?

Estejam preparados, por que aqui vai uma daquelas dicas... Coisas que fazer com um simples durex que você nem imaginava...

Eu já comentei num post, que o durex serve pra dar aquela marcaçãozinha pra fazer o esfumado com mais segurança, apenas passando o pincel no globo ocular e ainda dando um acabamento daqueles. Se você ainda não viu o post, tá esperando o que mulher pra clicar e conferir?

Acontece que eu descobri mais algumas diquinhas, que o durex pode te salvar. E como eu A-M-O uma gambiarra rs, vim compartilhar com vocês.

1. A vez de te salvar no glitter. Meus amores, nada me irrita mais do que estar finalizando aquela sombra bafônica e de repente... você percebe que tem mais glitter no seu rosto do que na própria make. É triste quando isso acontece, não? Bom, a solução pra isso é fazer o preparo de pele DEPOIS da sombra. Isso mesmo. Esqueçam aquelas regrinhas de que a base e o pó devem ser o início de tudo. E antes de passar o corretivo, grude o durex em cima do lugar que está com o glitter e depois com o corretivo finalize a limpeza da bagunça e aí sim, você não fica apavorada e não tem que começar do zero.

2. A função de marcar o esfumado deixem paras maquiadoras profissas, com a gente sigam a dica do durex com a sobrancelha pra fazer a marcação e finalizem o traço ao retirar o durex. A maquiagem vai ficar certinha. E vale também pra delinear, pra quem tem dificuldade pra fazer o nosso famoso gatinho bafônico hehehehe.

3.Aquela francesinha na unha que só a manicure consegue fazer ? Essa foi fácil né? O durex mais uma vez salva a sua insegurança na mão e te ajuda a ser uma quase profissional de nails.

4. Bem, acho que depois de estar na 4 dica já podemos dizer que o nosso amigo, ainda serve pra testar esmalte com mais facilidade, isso porque, por ser transparente, ele serve de base e você ainda não mancha a unha antes de fazer com outra cor.

5. Última descoberta da vida. Gente, o durex ainda tira a oleosidade da pele antes da make, ou filtro solar.

Então garota, tá esperando o quê pra ter um desses na sua necessarie ein ? Não esqueçam de cadastrar seu e-mail no canto da página pra ficar por dentro de tudo ok ?

Uma boa semana pra vocês e fiquem com Deus.

Xoxo,
Até a próxima!

quinta-feira, setembro 01, 2016

Rossana e apenas respire



YEEEEEEEEEEEEAH galerê !!! Como é que estão do lado daí ? Tudo bem ?

Preciso confessar que eu estava ansiosíssima pra contar essa novidade pra vocês. Porém, estive sem computador fim de semana, estava precisando aproveitar um pouquinho da minha família e meus amigos... Sabem como é né?

O post de hoje é sobre essa nova parceria, que por sinal foi a primeira do blog. Rossana é escritora do Rio Grande do Sul, autora do Apenas Respire. Sexta-feira passada, chegou pra mim esses marcadores com esse recadinho suuuuuuuuuper fofo. Nem preciso dizer que já virei fã né? Além de tudo, a autora é a simpatia em pessoa o que já me ganhou de cara.



"Abro os olhos, e ele estava tão perto que eu consegui sentir sua respiração. Tinha parado de tocar e me olhava. Fechou os olhos e respirou fundo, como se tivesse sugado todo o ar em volta de mim." Só um spoiler do que veio no marcador pra dizer que estou super ansiosa pra ler.



  • Nº de páginas: 346 
  • Biografia


Gaúcha; advogada; casada com Marcelo; mãe do Cassio; madrasta do Arthur. 
Começou a escrever por incentivo do seu marido, pois gostava de ler e sempre soube contar histórias. Seu primeiro livro, Apenas Respire - Rock e perfume: paixão no ar, foi escrito de forma despretensiosa. No entanto, foi tomando corpo e depois de lido por algumas pessoas entendidas, foi publicado pela editora Multifoco em junho de 2016.
A partir de então, Rossana nunca mais parou de escrever.
Tem uma coluna no site Rede Sina, chamada Contos do Cantos, onde publica quinzenalmente um conto embalado por uma música.



  • Sinopse: 
Isabela Alencar é uma mulher jovem, independente e apaixonada por música. Na adolescência, seu irmão mais velho lhe apresentou às bandas de heavy metal. Após conhecer a banda Dawn Sunless e ser capturada pelo som da guitarra, decidiu estudar o instrumento.
Já adulta, morando no Rio de Janeiro e trabalhando na Assessora Jurídica da Marinha, vê sua vida ser marcada por uma tragédia. Decide, então, largar a carreira jurídica e dedicar-se à docência numa faculdade de música do Rio.
A partir daí, sempre apoiada pelos amigos Mila e Frederico, Isabela verá sua vida mudar completamente, com a aceitação da Dawn Sunless para sua pesquisa de doutorado.
Ela embarca para Nova Iorque para passar três meses no estúdio com a banda. Chegando lá, conhece pessoalmente seu ídolo, o guitarrista Luc Bellucce.
Com sinais sutis, tem início um despertar de sentimentos provocados por sensações intensas. Uma paixão que ela jamais pensou em viver novamente.



sexta-feira, agosto 26, 2016

Me perdendo no Pinterest

YEEEAAAAAAAAAAAH galerê, como é que estão do lado daí? Tudo bem ? Post atrasado por uns dois dias hahahahaha, mas claro que eu não pude deixar vocês na mão.

Eu já comentei com vocês o quanto eu amo assunto de decoração e tudo que envolve arredar móveis e dar cara nova num cantinho né? Quando assisto um vídeo no Youtube, a primeira coisa que eu sempre faço é reparar a decoração e ficar pensando onde eu posso fazer algo diferente na casa.

Há alguns meses eu e minha mami, resolvemos reformar meu quarto na casa dela. E o que eu posso dizer é que eu fiquei apaixonada por procurar cada detalhe, na parede, no guarda roupa, cada cantinho teve uma decoraçãozinha e uma corzinha especial pra deixar meu quarto com a minha cara. Obviamente #aloucadoPinterest se perdeu em meio tantas ideias e eu resolvi contar pra vocês como foi. Claro que o assunto decoração não parou por aí. Eu redecorei todo o meu cantinho em Juiz de Fora também e aos poucos estou acabando.

Mas hoje não vamos falar de lá.

A primeira coisa que você tem que decidir vai ser o estilo do seu quarto. Eu aconselho fazer uma busca rápida no Google Images, sobre os estilos vintage, retrô...

Essa foto Pinterest ela é bem famosa né. Esses corações você pode comprar online, ou fazer com papéis contat. Fazer com papel contat obviamente sai a preço de banana, porém é muito mais trabalhoso e o legal de fazer é que quando terminar você vai poder ver e dizer pra todo mundo que foi na sua casa e dizer que foi você quem fez. Eu já vi desses modelos adesivos variando desde os naipes do baralho, estrelas, cactos, formatos geométricos até esse nosso famosinho queridinho. Eu já vi nas cores preta, branca, vermelha, dourado. Com o papel você pode fazer da cor que quiser, pra ousar e abusar na combinação com a cor da sua parede.

Pinterest 
Depois de escolhido o modelo é muito mais fácil se decidir por onde começar. Separei aqui algumas ideias pra você redecorar seu cantinho e pode sair sem gastar muito. As fotos abaixo, todas foram tiradas do Pinterest, inclusive eu venho separado algumas ideias na pastinha de decoração. Clique aqui e me sigam lá. :)









Essa fitinhas, são aquelas fitinhas japonesas ou como são conhecidas Washi Tape, são muito fáceis de encontrar e ficam muito fofas se combinadas com fotos como no caso desse último. Você encontra delas desde as simples coloridinhas, até as personalizadas na papelaria da sua cidade ou ainda em sites online. E o melhor que é super baratinho. O que eu quero mostrar pra vocês é que você não precisa reformar tudo pra deixar seu cantinho a sua cara. Basta um toque especial na iluminação, por exemplo, ou ainda em algum objeto que você colocar no lugar que será essencial para que fique de cara nova.

E aí, gostou dessa dica? Conta pra mim se você gostou e quero ver depois o que vocês fizeram. Mandem por e-mail:laisrq@hotmail.com ou marquem no Instagram:@laisrquintao.

Xoxo,
Até a próxima.

quinta-feira, agosto 18, 2016

Resenha: Deixe a neve cair e as novas parcerias

YEAHHHHHHHHH galerê !!!!!!!!!! Como é que estão do lado daí, tudo bem? Por aqui ando mesclando o tempo com estágio, blog e faculdade. Não é fácil, mas se você colocar amor no que faz pode crê que o resultado vem. E vêm em cheio.

Sim você não leu errado no título. Minha vida hoje deu uma reviravolta e conheci algumas parceiras incríveis. Nesse vai e vem todo, hoje eu venho falar desse livro mais que maravilhoso que é o Deixe a neve cair e com a ajuda de uma parceira linda a Tassi do Instagram @epifanianoslivros eu consegui fazer antes do fim de semana. Aliás, esse é um outro tópico que eu gostaria muito de abordar aqui. Toda quarta e sábado haverá post no blog e pode ser que no decorrer da semana eu solte algum post extra como já vinha fazendo.

No entanto, ontem eu tive um compromisso e não conseguir postar a nossa resenha, mas missão dada é missão cumprida hahahaha.


Foto por @osirmãosliterários



Deixe a neve cair é um livro de contos natalinos, mas muito diferente desses filmes de natais que estamos costumados a ver e associar a data com Papai Noel e tudo mais. São três autores, três contos. O que eu achei mais legal é que cada história se associa a outra e são histórias loucas amor. São 336 páginas que você lê sem perceber. Juro juradinho.

O primeiro conto do livro é o "Expresso Jubileu", o segundo é "O milagre da torcida de natal", o terceiro é "O santo padroeiro dos porcos". O que eles têm em comum? Cada um dos protagonistas encontram o amor na maior nevasca dos últimos anos na cidade de Gracetown e no fim as histórias se entrelaçam ironicamente. Seja num twister, num trem com muitas líderes de torcida ou assistindo James Blond: o amor acontece em qualquer lugar.

O conto que eu mais amei sem dúvida alguma foi o primeiro. Eu senti uma leve pontada de inveja da Jubileu (protagonista do conto) por ter achado alguém aparentemente perfeito e sem esforço algum pra isso hahaha. Encontrei em uma resenha sobre o livro o termo "ressaca literária" e foi exatamente o que senti até o final do livro. Não que as outras não te envolvam. Mas em cada detalhe narrado pela autora sobre o romance, por um segundo eu pude confundir o livro com a realidade.





Sinopse: 


  • Na noite de Natal, uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos. Em “Deixe a Neve Cair”, bem sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera
Livro mais do que recomendado. Nota 10 e se você gostou e quiser comprar é só clicar aqui. 

segunda-feira, maio 30, 2016

Resenha: Os 13 Porquês Jay Asher

Oi galerê, tudo bem? Como é que tá do lado daí? Tudo bem? Aqui na mesma correria de sempre, com mil ideias na cabeça pra postar, mas sem tempo pra por no papel. No último feriado selecionei alguma delas inclusive pra postar na quinta. Cheguei a comentar em um dos tweets, porém eu estava de viagem marcada e fiquei em débito, mais uma vez.

Como prometido (porque como dito promessa aqui é dívida) eu vim conversar sobre o último livro que terminei de ler, que inclusive já entrou em um post de resenha e fiz uma prévia lá no Tumbrl também.

Em primeiro lugar eu quero que vocês estejam com os psicológicos emocionalmente preparados pra quando estiverem nas últimas trinta páginas, porque já adianto que não vai ser nada fácil. Não vou cometer a audácia de dizer o que acontece no final, relaxem. Como eu já contei bastante a  história resumida, nesse post farei minha resenha mais crítica contando detalhadamente.

Quem acompanhou já viu que os principais personagens eram Clay e Hannah Becker e tudo que eu posso adiantar é que Hannah, tomou uns comprimidos e se matou. Mas por quê? Bom, no livro a gente percebe de início que a rotina dela estava pesada. Que ela não se sentia segura em lugar algum, tampouco em sua casa e esse livro não é mais um caso de estupro, embora seja mencionado no decorrer dele, mas o enfoque não é esse.

Hannah, como qualquer outra adolescente, teve várias paixonites, estudava em colégio fazendo o ensino médio, porém não tinha muitos amigos. Como toda adolescente foi vítima de fofoca. E fofoca pesada. Hannah prova o livro todo que são apenas fofocas, busca ajuda com tudo e todos menos com quem estava realmente disposto a estar do lado dela e adivinha quem era? Ah sim, as fitas. As fitas continham 13 histórias. Cada um com um destinatário diferente e como num jogo, quando acabassem de ouvir, teriam de repassar as fitas até que chegasse no último destinatário.

Como eu disse anteriormente, no finalzinho do livro você muda o jeito de pensar nas coisas. Vê que qualquer atitude errada que você toma olhando pro seu próprio umbigo, pode detonar com a vida de outra - e eu não tô só falando da vida de Hannah. No decorrer, várias histórias são contadas e é claro que o livro é só uma ficção. Apesar de cada fita ser destinada a uma pessoa, várias outras estão envolvidas nela. Adivinhem o que aconteceu? Eu não sou nada previsível. Eu terminei de ler o livro num ônibus e desabei em lágrimas hahahahahahah. Leiam gente, por favor. Esse é um livro que com toda certeza T-O-D-O mundo deveria ler.

Sinopse: "Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker - uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento."  

E se você gostou e quiser comprar clique aqui.

Beijinhos, beijinhos 
até a próxima!

terça-feira, maio 17, 2016

Resenha: minha lista de livros pra 2016

Oiiii galerê. Como é que tá do lado daí? Tudo bem ? Mais uma vez dei uma desaparecidinha né ? Mas queria deixar claro que não abandonei os posts. Tenho vários projetos no Evernote pra fazer que acredito que ficará bem legal, vai dar aquela cara nova no blog que eu pretendia desde o início do ano e só como uma observação, quem quiser pedir post será bem-vinda qualquer ideia.

Hoje eu vim fazer um momento meio cultural com vocês, como prometido no post de mudanças de 2016. Bem, vocês já sabem, mas vou reforçar. No dia 31/12/2015, eu fiz uma pequena listinha de metas a serem cumpridas ao longo do ano e ler oito livros extras estavam presentes em um dos itens. Na faculdade, eu já tenho bastante contato com leitura pesada, então nesse momento eu peguei alguns com a finalidade de desligar do mundo. Pois bem. Estamos no mês de maio e já passei por cinco dos livros prometido. Hoje mesmo comprei mais um extra (jurei que um dia ainda faria desse livro o meu livro de cabeceira, risos).

A finalidade desse post é compartilhar um pouquinho do meu lazer com vocês e do que eu gosto de ler. Espero que gostem e se alguém já leu ou vai ler algum desses, pode deixar nos comentários.

1.Não sou uma dessas - Lena Dunham 
Confesso que fiquei um tanto decepcionada. Lena tem uma linguagem maravilhosa, escreve muito bem e dá cada detalhe perfeitamente de cada situação. Esse foi o problema. Detalhes demais, tornaram a leitura maçante. Não consegui terminar. O que foi bem triste, porque na época o livro rendeu uma picture bem legal hehehe. A pergunta que não quer calar é, se eu pretendo terminar de ler? Sim. Apesar de ter achado um pouquinho maçante como dito antes, a escritora é bem divertida ao contar sobre os relacionamentos contubardos  e as situações do dia a dia. O que me decepcionou no livro foi que não é uma leitura que te prende e você fica curiosa pelo final, como Melancia por exemplo, ou Quem é  você, Alasca? A questão é que o livro se refere a variadas fases da autora e acaba sendo mais demorado pra ler do que o normal. Pode ser a tradução também que é ruim, mas já li variadas resenhas sobre ele dizendo o quanto a blogueira gostou do livro, mas que também demoraram pra terminar.

Se você quiser o link pra comprar ou a resenha pra ler clique aqui.

2. Muito mais que 5 minutos - Kéfera Buchmann 
GENTEEEEEE, esse livro é o L I V R O. Não é só porque sou fã da Kéfera desde quando começou o canal. E tá certo que aquelas fotinhas engraçadas poderiam ter sido evitadas, porque ficou com a impressão de encher linguiça, mas cara... A Kéfera lida com o fato do bullying com bastante humor e todo mundo sabe que foi ela que escreveu. O que torna um livro de um YouTuber mais interessante por sinal. Eu sei que ela é muito criticada pelas polêmicas que ela lança às vezes, mas eu acompanhei o livro no Snapchat quando ela terminou de escrever e você via realmente o que ela tava sentindo com o lançamento dele. Comprem e leiam. Vale muito a pena. Demorei menos de dois dias pra terminá-lo.

3. O reino das vozes que não se calam - Carolina Munhóz e participação da Sophia Abraão 
Primeiro lugar eu quero que vocês tenham muito psicológico pra essa história. Apesar do livro da Kéfera ter sido uma excelente escolha, eu finalmente encontrei um livro no início do ano, cujo a história me prendesse e me fizesse ter pena de acabar. Porque livro bom comigo é assim hauhuahuaha. Bom, esse é uma ficção. A primeira ficção que li no ano. O livro é maravilhoso e envolve duas dimensões. Envolve bandas famosas e uma menina que sofreu com as antigas amizades. Se você quer saber, a gente acaba se envolvendo com a Sophie, mas foi nessa desilusão que ela encontrou a segunda dimensão, onde ela via como seu lar e onde ela vai descobrir uma nova vida. "Seria capaz de abandona-la?" Ao decorrer do livro a pergunta da sinopse te invade. E o final, é o mais apaixonante de todos. E sabem o que é melhor? SIMMMMM. O livro tem continuação. Muito obrigada Carolina hahahhaa - intima como nunca. Não, eu ainda não li e não sei se entrará na minha lista pra esse ano, mas pretendo ler muito em breve e rápido.

4. Harry Potter e a Pedra Filosofal - J.K. Rowling
Num mundo trouxa onde não tenha uma só criança que não tenha ouvido falar sobre o bruxinho, falar que eu sou uma eterna fã e nunca ter lido até segunda ordem o primeiro livro da saga é até vergonha. Eu tentei ler quando era criança, mas eu era muito apaixonada pelos filmes e não conseguia gostar dos livros. Depois, caaara. Que tempo perdido. Não que o filme seja bosta. Pelo contrário, sou uma Potterish de carteirinha, mas pela minha burrice nunca conclui os livros (já li três deles). Harry é um órfão que vive debaixo da escada dos Dursley e que de repente tudo muda, quando ele faz idade pra ir pra Hogwarts e a partir daí, nem preciso dizer que tudo muda né? Ok, essa sinopse resumida aí foi só porque não resisto mesmo e também porque não dá pra não falar por inteiro de Harry Potter né ?

5. Os 13 porquês Jay Asher
Esse livro ainda vai me render um post quando eu terminar e umas boas fotos, porque já fiz várias hahaha. Hannah Becker era uma garota nova na cidade e disputada por muitos garotos. Eram 13 fitas. Sete histórias. Havia Clay, que no decorrer do livro mostra-se apaixonado por ela. Havia um suicídio. Por que Hannah teria se matado ? Esse livro, é o que eu ando lendo atualmente e me rendeu um post no Tumbrl também. Foi uma pequena resenha que eu fiz que gostaria de falar o quanto esse livro é maravilhoso. Juro que quando terminar (o que não falta muito) eu farei um post completo pra vocês dele. Incluirá minha opinião, nota na escala de 1 a 10, comentários sobre a história e tudo de mais completo possível.

Como dito anteriormente, eu comprei mais um hoje e farei suspense (menos pra quem me acompanha no Snapchat) até semana que vem, que lançarei um post sobre esse livro fantástico. Espero que tenham gostado e ainda faltam três livros pra escolher. Já tenho alguns em mente, mas não revelarei nada por enquanto.

Beijinhos, beijinhos e até a próxima 
xoxo



quarta-feira, abril 27, 2016

Resenha: 6 dicas que toda mulher deveria saber

Oi galerê, tudo bem do lado daí? Eu não anunciei aqui antes, mas eu voltei a usar minha página do Tumbrl. Bom, essa semana eu sei que é o primeiro post que vocês estão lendo, mas na segunda-feira eu compartilhei lá uma breve resenha de um livro com vocês, que eu deixei no Twitter o link e vou deixar aqui. Bom, eu sei que prometi um DIY, mas hoje eu vim aqui compartilhar um pouquinhos dos muitos truques que eu uso e que eu acho que todas as mulheres deveriam saber, porque gente, séeerio, eles ajudam. Como sempre eu falei demais né, espero que já não tenha enjoado vocês então vem comigo e acompanhem as cinco dicas, opa! São seis (o item sobre batons são duas) que eu selecionei.

  •  pincel com shampoo jhonson's baby: gente esse produto eu falarei mais dele novamente. Assim como eu, vocês devem ter o mesmo problema na hora de limpar os seus pincéis de make né? É que o sabão comum ou shampoo comum deixam os pelos com um aspecto mais pesado e parece que não fica tão limpinho. Eu tenho a solução. Há uns dias eu fiz o teste e eu amei o resultado: deixaram meus pincéis mais leves e você vê que limpa mais. Justamente por ser feito pra bebê e a pele ser mais sensível, o resultado foi o que eu vinha buscando de longe em outros produtos que eu já tinha e com um precinho daqueles. 
  •  rímel na caneca com água: sim. Você não leu errado. Foi o melhor jeito de recuperar um rímel que eu aprendi.Todo mundo já deve ter ouvido falar que pingar colírio deixa o rímel mais molinho. Fato! Eu uso aquele líquido da lente e o efeito é o mesmo. O que a maioria não conhece é dar o banho maria no rímel: ponha uma caneca com água no microondas por 15 a 20 segundos e depois deixe uns 5 a 10 minutos o rímel na caneca. Só tome cuidado porque, colocar muito tempo de água pra esquentar pode ser perigoso. Quando você abrir, aquele rímel que secou volta prontinho pra uso. Pra finalizar, complete com o colírio ou o líquido e não se esqueça de sacudir, pra que não fique com um aspecto de aguado. Eu uso muito rímel e os meus não duram muito, por usar todos os dias acabam secando e eu acabo gastando muito com este. A descoberta dessa dica me ajudou muito.
  •  durex pra marcar a linha de maquiagem: se você como eu tinha, tem muita dificuldade pra marcar o côncavo na hora da make ou pra dar aquele delineado com mais firmeza, essa é uma solução que eu não pude deixar de compartilhar. Acredito que a maioria já faça bem isso. Mas é que quando você puxa o durex ou a fita parece que têm-se até aquele acabamento e a mão vai sem medo hahaha. A linha certa fica bem rente aos cílios e em direção a sobrancelha .
  • resolvi juntar duas soluções em uma só para batons. Eu tenho um ódio mortal de quando passo aquele batonzão vermelho e ele sai no primeiro pouquinho de água que eu bebo. A dica para fixação tá no seu pó compacto. Isso mesmo, você pode passar antes ou depois ou os dois, quantas vezes quiser. Gosto do tom natural que o batom deixa e do aspecto quase matte. E sobre variar de batom,  sabe aquela paleta de sombras em casa? Experimente juntar um tom de sombra com a sua base. Assim você pode ter quantos batons quiser e ainda sair com uma economiazinha. 
  •  Eu não sei vocês, mas eu tenho sempre muito cravo e espinha e sempre um problema com esfoliante, porque quando resolvo cuidar da pele percebo que o meu vidro acabou. Se você enfrenta esses problemas aí vai um esfoliante caseiro com o que você tem em casa: sabonete líquido + uma colher (chá) fermento em pó - isso mesmo, fermento - + sal (grosso ou comum) o cheirinho que fica é uma delícia e a pele fica igual de bebê. 

Se vocês tiverem dúvida de como algum truque funciona, coloquem nos comentários que eu farei o passo a passo num próximo post.


Beijinhos, beijinhos
Até a próxima. 

domingo, abril 03, 2016

Resenha: mantenha o equilíbrio na fé.

Todo mundo tem um daqueles dias em que você acorda com o pé esquerdo. É que às vezes você faz parecer que carregar a pedra é maior do que o peso que ela realmente trás. Quando eu digo pedra talvez tenha me referido a rotina. Nem sempre o amor não correspondido nos deixa indignados, como eu costumo trazer aqui. A gente tem um valor enorme no mundo só que precisamos ter fé pra nos encontrar. Não basta ser uma alma vagando em qualquer rua ou esquina se perguntando porque certas coisas acontecem com você. Olha meu amigo(a), uma coisa nessa vida é certa: Deus sabe o que faz, Deus sabe o que tira e o que trás. Eu sei que parece só mais uma dessas rimas do Tumbrl, mas não. Eu não me importo se você não acredita Nele, cedo ou tarde isso vai mudar. Eu sei que pra quem mora longe da família, ás vezes parece que o dia é maior porque não cabe saudade e medo junto.

O que você têm feito para que a sua fé seja cada vez maior? Não basta só pedir. Temos que agradecer e todo tipo de experiência é válida. Você acreditar no amor é uma coisa que você só faz se não perder a fé. Eu sei que a páscoa já se passou há uma semana, mas não importa. O que Cristo nos mostra com o significado da páscoa é que nunca é tarde para deixarmos ele entrar. É que se a gente não se apegar em algo, ficamos cada vez mais inquietos, mais nervosos e se não buscarmos a religião, nem que seja conversando com Deus quinze minutos antes de dormir, agradecendo pelo dia que tivemos, não somos nada.

Particularmente eu tive dificuldade pra aceitar isso, mas sempre tive fé no Divino Espírito Santo, que de alguma forma sempre aparecia pra mim, por meio daqueles pingentes, ou de orações. Talvez esse seja o post mais religioso que vocês vão ler no blog rs. Mas o legal de gostar de escrever, é compartilhar experiências e não importa se é experiência católica ou não, mas quando se encontra o caminho, você abre a alma para o bem e assim eu termino dizendo: "o amor deveria ser igual o ipê: florescer toda vez que parecer morrer." Ótimo primeiro domingo do mês pra vocês,

Até a próxima.