Relacionamentos abusivos e ansiedade




Resultado de imagem para pessoa isolada tumblr
Reprodução Tumbrl

Leia ouvindo Ed Sheeran - Thinking out loud




Eu estava no primeiro ano quando fui diagnosticada com síndrome do pânico. Primeiro ano do ensino médio é uma das piores fases pra todo mundo desde que eu me lembre... Sofrer de ansiedade era o que eu menos precisava naquele período, afinal eu precisava mesmo era recuperar minhas notas em física e mostrar que eu era completamente normal.

Isso não é hereditário e você não precisa ter vergonha.

Pessoas que não sabem lidar com a ansiedade, acabam tendo uma percepção do mundo cada vez maior, mesmo quando não acham que isso acontece. Eu prefiro ter um tempo só pra mim, por exemplo, do que ter um namorado enjoado no meu pé naquela doença monótona de namoro abusivo. É meio contraditório até, sendo que um dos nossos maiores medos é perder quem amamos.

Dia desses, saiu um teste na página fãs da psicanalise que foi divulgada na fã page do Catraca Livre no Facebook, sobre qual o seu maior medo. Pessoas tem medo de palhaços, acidentes, fogo, água. Quem sofre de ansiedade não sabe lidar com perdas.

Antes de escrever esse post eu estava pensando que algumas vezes a gente se sente mal por não poder falar com ninguém sobre aquilo que atinge no mais profundo sentimento e isso inclui o psicólogo. Quando eu era mais nova, eu sempre quis entender porque raios uma pessoa ia querer entender porque eu não dormia a noite e queria me ajudar. Eu nunca quis que ninguém soubesse porque, quem sofre desses transtornos estão sempre rodeadas de pessoas que amam e que no final por um medo bobo, cismam que você não será a mesma se elas soubessem. Bipolaridade e essas síndromes acontecem sem que nós possamos perceber. É algo involuntário e quem tem, luta contra isso todos os dias. Eu sei que você se sente sozinha, que acha que seu quarto com seus livros e a playlist mais tocadas do seu music player no último volume consegue ser melhor do que numa roda de bar com uma dúzia de amigos da faculdades. Ou ainda que você escrevendo em seu diário de cabeceira com seus segredos mais profundos transformados em crônicas ou poesias possa ser melhor do que o dinheiro que você gasta com 50 minutos de consulta com uma profissional da área.

Se você quer saber... Todos nós precisamos de terapia. Não por causa de problemas de relacionamentos. Mas terapia abre a mente e a alma no seu mais profundo pensar e assim, você começa a enxergar as coisas de outras forma.

Eu só queria dizer que você não está sozinha e que a vida por mais estranha que pareça dá suas reviravoltas e que quando você menos perceber, esses problemas enfrentados, serão apenas algumas histórias pra contar da sua adolescência e que no final... o seu mundo passa ser o melhor lugar da sua mente sem medo. Sem medo de contar, ou ser feliz.

Xoxo,
Até a próxima

  • Sigam os parceiros:

Rossana Cantarelli, autora do Apenas Respire, clique aqui
Nossa parceiríssima Débora, do Estante da Déh , clique aqui
E a nossa blogueira Tassi, do Epifania nos Livros, clique aqui e aqui


Comentários

Postagens mais visitadas